Skip to content

COMPARTILHAR NAS DIFICULDADES

Quase sempre o que muitos chamam de “deserto”, nada mais é que uma escola: um momento de aprender por meio de processos. Não é confortável, nem “maravilhoso”. Mas, necessário. A Graça de Deus nos educa a renegadas as paixões mundamos, aprendamos a viver conforme Cristo (Tito 2:12).

Passamos diversas vezes por dificuldades. Experimentamos realidades duras, de não poder comprar alimentos nem as coisas que nossos filhos gostavam. Quando efetivamente nos convertemos (antes éramos só “convencidos”), meu esposo perdeu o emprego e só tínhamos cuscuz pra comer. Então, nestas situações orávamos em família e o Pai sempre usava alguém pra levar o que precisávamos até nós!

Quando também estávamos em treinamento, várias vezes o Pai usava diferentes pessoas que nem imaginávamos para levar coisas para os nossos filhos! E foi nesses tempos difíceis que aprendemos a repartir mesmo o pouco, porque sabíamos que era a provisão do Pai para nós, também para aprendermos a compartilhar em fé.

Aqui no Nepal também temos experimentado isso dia após dia. Então, o que eu vejo é que o Pai quer que façamos a nossa parte e aprendamos a apenas confiar que Ele irá fazer! Precisamos crescer, aprender… E perceber que podemos seguir o exemplo de Cristo: partir o pão e distribuí-lo a todos que tem fome. E isso vai muito além de recursos ou comida, isso tem a ver com o nosso coração e vida. Cresçamos!

Camile Rodrigues
Kairós Asia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print