Seja Missionário da Kairós

A Missão Kairós tem mais de 30 anos de experiência com projetos pioneiros interculturais em nações não alcançadas ou pouco evangelizadas. Internacional e interdenominacional, nosso foco está nas nações com menos de 5% de cristãos ou que somem condições socio economicas preocupantes, como pobreza, falta de infraestrutura, pós catastrofes ou dramas humanos de modo geral.

Assim, entendemos que nossos obreiros precisam ter um perfil de formação e experiência ministerial adequada aos contextos que enfrentarão.

O processo de admissão na Missão Kairós para novos missionários envolve as seguintes fases:

1) Pastores ou líderes de missões na Igreja Local devem entrar em contato com a Missão Kairos, apresentando o(s) candidato(s) que estão recomendando;
2) Entrevista online com os mesmos acima;
3) Avaliação Online – Bíblia e Ministério
4) Cursar e ser aprovado na banca de avaliação no Centro de Treinamento Kairós (CTK)

Após todas essas concluídas, o candidato está apto a se tornar obreiro da Missão Kairós e poderá ser encaminhado ao ministério intercultural.

Obreiros que já tenham experiência intercultural, enviados por suas igrejas locais ou com experiência prévia em outra organização, necessitarão de:

1) A aprovação da sua liderança na Igreja Enviadora, Entrevista e Apresentação de Projeto na Diretoria da Missão Kairós.

2) Ter um bom testemunho, assinar um termo de concordância com as diretrizes operacionais da Missão Kairós, declaração de fé e normas internas e comprovar pelo menos 5 anos de experiência em um ministério intercultural.

3) Conclusão dos cursos de Educação Continuada Kairós – EaD

Para outras informações, entrem em contato conosco, clicando aqui. Muito obrigado!

Missiologia
1
Antropologia
2
Linguística Aplicada
3
Espiritualidade Missional
4
Formação Profissional
5

Para se inscrever no CTTK, procure sua liderança e, em seguida, entrem em contato com a Kairós para obter mais informações sobre o processo seletivo.

Início: Fevereiro/2021
Término: Julho/2021
(Período integral)

Durante o processo de formação ele receberá assessoria e mentoria ministerial, comunicacional e terá a oportunidade de conversar com missionários experiêntes e que estão no campo há alguns anos.

Para se inscrever, clique aqui